Seraphine: 5 dicas para jogar com a Cantora Sonhadora no mid

Oi, oi! Sou o Björk e jogo League of Legends desde a Season 2, com algumas breves interrupções. Desde o início de minha jornada no Rift, os campeões suportes sempre me cativaram mais do que os demais e, conforme os anos foram passando, me vi testando diversas outras rotas para, no fim, voltar para a bot lane, onde atingi resultados elevados de modo consistente, até o Desafiante. Por algumas temporadas, forjei algum apreço e conhecimento na Mid lane e, com o lançamento da Seraphine, me vi mais uma vez marcando a rota do meio como minha secundária. Das minhas duas centenas de jogos ranqueados com a Cantora Sonhadora em minha conta principal, mais da metade deles foram ocupando o eixo central do mapa.

Confeccionei, ainda no ano passado, vários guias tutoriais e vídeos para auxiliar novos jogadores de Seraphine e, com esse texto, planejo sanar as principais dúvidas sobre a campeã, além de oferecer especificações detalhadas sobre as melhores builds e runas, bem como os melhores cenários para selecioná-la em detrimento de outros mid laners. 

1. Counters, sinergias e banimentos

Jogando na rota do meio, a Seraphine consegue lidar com a maioria de seus adversários com alguma facilidade já que, por natureza, é uma campeã extremamente eficiente em lesar as ondas de minions com rapidez depois de determinado ponto do jogo. Isso significa que antagonizar uma Orianna, Syndra, Lux, Cassiopeia e demais magos de controle costuma ser um exercício relativamente simples, desde que não estejam acompanhados de caçadores muito ofensivos no early game. Como a Cantora Sonhadora, você sempre terá que pensar duas vezes e resistir à tentação latente de empurrar a rota para ajudar seu caçador ou pressionar seu inimigo se isso significar abrir uma janela para receber uma ofensiva do jungler adversário.

Ainda assim, algumas partidas com a campeã não costumam bastar para garantir sua segurança na rota do meio. Conhecimentos moderados de pathing da selva do oponente, além de também compreender como as ondas de minions funcionam, são ferramentas essenciais de todo bom jogador e, ainda mais do que isso, conceitos essenciais quando se está jogando de Seraphine. Por ser uma campeã que trabalha melhor em grupo e brilha em confrontos em equipe, seus pontos fortes são compensados com um gasto considerável de mana no início do jogo, além de pouco dano para efetuar trocas na rota. Tenha em mente que sua função não é matar o adversário, apenas sobreviver e jogar com seu caçador para plantar sentinelas na selva inimiga quando possível.

Nesse caso, que tipo de campeões representariam uma real ameaça para a Seraphine na rota? A resposta é simples: além de caçadores agressivos no início, como Jarvan IV, Xin Zhao e Elise, mid laners que escalam tão bem quanto ela e ainda oferecem pressão em rotas laterais mais adiante no jogo, como Kassadin, Yone e Sylas, são sempre bons banimentos. Quando sou um dos primeiros jogadores a selecionar meu campeão, opto pelo banimento de Sylas para garantir que minha Ultimate, habilidade mais forte da Seraphine, não será usada contra meu time mas, com mais frequência, opto por banir Kassadin na maioria das minhas partidas como a cantora, já que enfrentá-lo exige não só alguma coordenação com meu caçador, mas também abusar bastante dos primeiros níveis. Se isso não for feito com maestria, ele irá, eventualmente, se instalar em uma rota lateral e eu não poderei, em quase nenhum cenário, confrontá-lo de forma segura, além do scaling absurdo do campeão.

Bons junglers para acompanhar a Seraphine são, geralmente, campeões carregadores que necessitam de algum setup para gank ou de bonificações extras, como o próprio Xin Zhao, Olaf ou Hecarim. Além de performarem bem num geral, são capazes de, em team fights, estender o alcance de sua Ultimate quando instalarem-se na linha traseira dos adversários, permitindo que a Seraphine alcance alvos prioritários.

Seraphine: artes de conceito pré-idealização da campeã. (Riot Games)

2. Runas e Feitiços

Existem, atualmente, quatro opções mais populares de runas principais para Seraphine na rota do meio. A primeira e mais óbvia consiste na adoção do Invocar Aery, que sinergiza excelentemente bem com o kit de habilidades da campeã e pode se tornar muito opressor ao enfrentar adversários corpo a corpo, já que a passiva da Cantora amplifica o alcance de seus ataques básicos. Imagine que está enfrentando uma Katarina e planeja jogar pacientemente, com a onda de minions. Sempre que a adversária utilizar seus tempos de recarga ou tentar farmar um minion, um ataque básico com a passiva e o Aery, além de um Q ou um E, já são o suficiente para puní-la por isso. Usualmente, escolho a runa na grande maioria das minhas partidas, especialmente contra oponentes melee. 

Secundariamente, o Cometa Arcano aparece como uma alternativa relevante para amplificar o poder de troca e fornecer dano bruto pelo restante do jogo. Na minha concepção, selecionar essa keystone só é uma boa escolha quando há confiança na sua habilidade com a campeã e sua intenção é pressionar ao máximo seu oponente. Pelo tempo de recarga ser drasticamente maior que o do Invocar Aery, vale a pena jogar de forma mais inteligente, preferindo sempre combar o Cometa com o E, para garantir um acerto na lentidão proporcionada pela habilidade. Ao utilizá-lo, considere também escolher Precisão como sua runa secundária, com Presença de Espírito e Golpe de Misericórdia, já que a Nota Aguda (Q) da Seraphine causa dano baseado na vida perdida do alvo. Contra composições mais tanks, no entanto, não hesite em usar Dilacerar.

Alguns jogadores optam pelo Ímpeto Gradual ao enfrentarem oponentes muito escorregadios ou que pretendem colar em você para ganhar trocas. É uma boa opção contra Yasuo, Yone ou Diana, já que a velocidade de movimento oferecida pela runa já garante que, juntamente ao Som Envolvente (W), você conseguirá distanciar-se eficientemente, mas, pessoalmente, não é minha preferida.

Não menos importante, o Livro de Feitiços Deslacrado aparece com mais frequência no cenário competitivo por sua versatilidade. Objetivamente, a Seraphine já é uma campeã forte por si só e não precisa de runas específicas para garantir que seja valiosa em uma partida, e poder alternar seus feitiços de invocador durante uma partida é um apetrecho mais relevante em jogos controlados do que nas filas ranqueadas. Dito isso, recomendo testar a runa com moderação, já que pode se adequar melhor ao seu estilo de jogo.

Quanto às runas secundárias, considere a página de Determinação como sua escolha principal para a maioria dos jogos se estiver enfrentando adversários de burst, como Zed, Katarina, Yone, Fizz ou Qiyana. A combinação de Osso Revestido + Revitalizar é muito eficiente para a Seraphine, mesmo quando não é sua intenção comprar itens de suporte. Nos demais jogos, a Entrega de Biscoitos e a Perspicácia Cósmica são, para mim, a melhor alternativa, ainda que o par da Precisão anteriormente mencionado também mostre-se valioso em alguns cenários. 

3. Itemizaçao

Além de ser incrivelmente versátil no tocante à sua participação e impacto no jogo, a Seraphine pode, na rota do meio, optar por um caminho distinto da configuração usual adotada por magos. O Regenerador de Pedra Lunar é absurdamente eficiente com suas habilidades e, por tratar-se de um item barato, pode ser considerado na maioria dos jogos. No entanto, aos que preferem tomar a dianteira dos gráficos de dano de sua equipe, as builds focadas em poder de habilidade também são tão ecléticas quanto, podendo variar entre três itens míticos principais.

A Angústia de Liandry é, sem dúvidas, a alternativa mais popular para estilos de jogo baseados em poke. A passiva mítica do item também complementa perfeitamente o kit da campeã ao lhe conferir mais Tempo de Recarga, na mesma proporção em que inflige maior dano à adversários com maiores taxas de vida. Em jogos em que você sabe que enfrentará muitos tanks, comprar o Liandry e utilizar a runa Dilacerar é sempre uma opção válida e, possivelmente, a melhor.

A Tormenta de Luden pareia a escolha do Cometa Arcano com bastante sinergia, surpreendendo seus adversários ao causar muito dano inicial numa única rotação de habilidades. É incrível contra oponentes mais frágeis e a passiva mítica de penetração mágica é útil, já que, em meus jogos, sempre prefiro as Botas Ionianas da Lucidez e nunca os Sapatos do Feiticeiro. Considere esse item quando você já saiu na frente na fase de rotas e, olhando para a sua composição, vê que sua função é causar as maiores taxas de prejuízo possíveis aos seu inimigos, desde que não sejam muito resistentes. Nesse caso, recomenda-se o Liandry.

Por último, alguns jogadores têm experimentado a nova Coroa da Rainha Despedaçada, que definitivamente pode ser útil em situações em que, como um mid laner focado em prestar assistência e garantir boas ultimates nas lutas, sobreviver é sua prioridade. Considere esse item se estiver enfrentando oponentes que podem deletá-lo muito rapidamente e, se quiser, o acompanhe com uma Ampulheta de Zhonya para garantir ainda mais chances de sustento na partida.

Quanto ao Mítico de suporte, o Regenerador de Pedra Lunar, é a minha alternativa sempre que começo atrás em um jogo ou quando acredito que minha composição já oferece dano e ofensivas o suficiente para garantir a vitória. Quando há um suporte iniciador na minha equipe e meu atirador/caçador já estão fortes desde o início, a Pedra Lunar pode ser bem mais valiosa do que o dano bruto proporcionado por itens de Poder de Habilidade.

Vale lembrar que, em qualquer um desses cenários, meu primeiro item sempre é uma Lágrima da Deusa, que pode ser evoluída ou não mais adiante no jogo a depender da necessidade. Itens seguintes ao Mítico, para mim, costumam ser o Cetro de Cristal de Rylai (o melhor item lendário para a Seraphine, de longe, por habilitar o enraizamento com apenas uma carga de seu E), Ímpeto Cósmico (consistente, para ainda mais Tempo de Recarga), o Putrificador Quimtec (contra composições de muita cura, já que é mais barato que o Morellonomicon e oferece bons stats para a Seraphine), Ampulheta de Zhonya ou Cajado Aquafluxo, quando existem outros campeões de dano mágico fortes em meu time. 

Habilidades da Seraphine durante sua idealização conceitual. (Riot Games)

Lembre-se de que nem sempre sua função será a de causar dano e que mesclar itens característicos da role de Suporte em sua build pode se pagar mais do que comprar equipamentos brutos de poder de habilidade.

4. Fase de Rotas e mais escolhas de Feitiços

Meu estilo de jogo de Seraphine se baseia em tentar atrasar os adversários e garantir que grandes desastres não aconteçam logo no início do jogo, o que pode ser especialmente complicado nas filas ranqueadas. Por isso, meu feitiço de preferência para completar o Flash costuma ser o Teleporte mas, em casos raros contra campeões muito agressivos na fase de rotas, utilizo também a Exaustão. Se estiver muito receoso de enfrentar uma Syndra, por exemplo, considere levar a Barreira juntamente ao Flash, já que não existem formas práticas de ser explodido por ela se utilizar o feitiço juntamente ao Som Envolvente (W) e sua passiva.

Na rota, tento focar no controle das ondas de minions e evito trocas arriscadas, preferindo gastar meus recursos de mana em manipular a wave para melhor cumprir minhas intenções. Se meu caçador quer invadir o adversário, utilizo toda uma rotação de habilidades contra os minions para tentar acompanhá-lo e, se posso dar um recall para conseguir minha Lágrima da Deusa e uma Bota, ainda melhor. Conseguir esses pequenos itens fazem muita diferença para a Seraphine, especialmente a Lágrima, já que aliviará o consumo de mana e lhe permitirá estar mais presente no mapa sem a necessidade de ter um item fechado ou do bônus do Azul. 

Se estou enfrentando campeões que não podem contestar meu push de lane, me esforço para jogar ainda mais com meu caçador e tentar conseguir vantagens pelo mapa após acumular ondas de minions na torre inimiga. Se quero evitar que o mid laner adversário deixe sua rota e consiga abates em minha rota inferior, me certifico de sempre puní-lo por deixar a lane ao puxar a rota e acompanhá-lo, quando possível, com o Teleporte.

Se você acredita que pode eliminar seu oponente, pense primeiro se você pode ser emboscado enquanto o faz e, se a resposta for um “sim”, talvez não seja a melhor opção. A Seraphine não precisa de abates para cumprir seu papel e um estilo de jogo mais seguro é geralmente a melhor alternativa, já que mais ouro na mão de uma Katarina, por exemplo, pode ser mais letal e impactante do que na sua.

5. Confrontos de Equipe e Ultimate

É mais comum do que gostaríamos ouvir o som característico da Ultimate da Seraphine logo no inicio de uma luta, apenas para perceber que a habilidade não vitimou nenhum adversário. Isso acontece quando tentamos subverter o propósito da Ultimate, tornando-a uma ferramenta de engage por si só. Na verdade, a força desse recurso está na expansão de alcance causada pelo contato com inimigos e aliados e, por isso, vale sempre manter-se próximo da luta utilizando suas habilidades comuns, esperando por um setup mais apropriado para, depois, disparar sua Ultimate. Geralmente, prefiro aguardar um Batidão Debilitante (E) duplo, ou uma forma de controle de grupo mais firme por parte de meus aliados. Em disputas por dragões ou pelo Barão, observo o alinhamento entre meu iniciador e os alvos prioritários inimigos antes de ultar e, depois, sigo com o restante das minhas habilidades.

Muitos jogadores cometem o erro de quererem protagonizar as iniciações por si só e isso, geralmente, custa caro. A Seraphine não tem por si só o dano necessário para evaporar um time inteiro em condições normais e seu papel é, muitas vezes, o de simplesmente reter seus adversários e mantê-los parados para que seu time os aniquile numa luta. Lembre-se disso antes de tentar utilizar, espontânea e subitamente, seu R + Flash, tudo bem?

Seraphine e seu conceito de idealização (Riot Games)

Conclusão

Obrigado por ler até aqui! Espero de verdade que essas dicas tenham sido valiosas e que, no futuro, vejamos menos aliados frustrados ao verem uma Seraphine na rota do meio, hahaha! Lembre-se de treinar os conceitos aqui cobertos durante suas partidas para também encontrar o que melhor funciona pra você e, é claro, contar com a EloMax para prestar assistência. Temos o melhor serviço de Coaching do mercado e estamos sempre dispostos a auxiliar nossos clientes e colaboradores, tudo bem? Até a próxima!

Logo

Welcome to ELOMAX

Please, enter your e-mail/password to access your ELOMAX account.

League of Legends is a registered trademark of Riot Games, Inc. We are in no way affiliated with, associated with, or endorsed by Riot Games, Inc.